sexta-feira, 6 de dezembro de 2013

6 de Dezembro Dia de São Nicolau Homenagem a Nicolau Lopes Vieira

O santo de hoje nasceu na Itália em 1245 dentro de uma família muito religiosa. Seus pais, não podendo ter filhos e para conseguir do Céu a graça de que lhes chegasse algum herdeiro, fizeram uma peregrinação ao Santuário de São Nicolau de Mira na cidade de Bari. No ano seguinte, nasceu este menino e em agradecimento ao santo que lhes tinha conseguido o presente do Céu, puseram-lhe por nome Nicolau.
Com vinte anos, Nicolau ficou impressionado com a pregação de um monge eremita agostiniano. A partir disso, acolheu o desafio da vida monástica como eremita. Ordenado sacerdote em 1270, foi visitar um convento de sua comunidade e lhe pareceu muito formoso e muito confortável e dispôs pedir que o deixassem ali, mas ao chegar à capela ouviu uma voz que lhe dizia: “A Tolentino, a Tolentino, ali perseverará”. Comunicou esta notícia a seus superiores, e a essa cidade o mandaram.
Ao chegar a Tolentino se deu conta de que a cidade estava arruinada moralmente por uma espécie de guerra civil entre dois partidos políticos, o guelfos e os gibelinos, que se odiavam até a morte. E se propôs dedicar-se a pregar como recomenda São Paulo: “Oportuna e inoportunamente”. E aos que não iam ao templo, pregava-lhes nas ruas.
São Nicolau percorria os bairros mais pobres da cidade consolando aos aflitos, levando os sacramentos aos moribundos, tratando de converter os pecadores, e levando a paz aos lares desunidos. Passava horas e horas no confessionário, absolvendo aos que se arrependiam ao escutar seus sermões.
São Nicolau de Tolentino viu em um sonho que um grande número de almas do Purgatório lhe suplicavam que oferecesse orações e missas por elas. Desde então dedicou-se a oferecer muitas Santas Missas pelo descanso das benditas almas.
Morreu em 10 de setembro de 1305, e quarenta anos depois de sua morte foi encontrado seu corpo incorrupto.
São Nicolau de Tolentino, rogai por nós!

6 de Dezembro é Dia de São Nicolau

Resultados da pesquisa

  1.                               

Deixo minha homenagem neste a meu pai que já não se encontra na Face da terra,(2 anos de sua passagem) mas no plano espiritual.
Meu avô Henrique Lopes Vieira ao nascer um filho registrava o com o nome do santo do dia, para que tivessem proteção e fé. 
Meu pai Nicolau Lopes Vieira, nasceu em Andorinhas Distrito de Magé no interior do Rio de Janeiro.
Nicolau foi no decorrer de sua vida um verdadeiro Papai Noel, distribuindo muitos presentes e com grande satisfação. Os cartões natalinos confeccionava  um a um com temas e dizeres pessoais e individuais, com beleza de pintura e a delicadeza de brilho. Não se cansava em  ir e vir contaste a Agencia dos Correios para as postagens de inúmeras mensagens de Bom e Feliz Natal. 
Meu pai foi uma pessoa íntegra e exemplo de educação, nasceu em berço pobre próximo ao Rio Andorinhas e consegui se tornar um carpinteiro e mais tarde após seus 40 anos ingressou numa Faculdade e se formou em Direito.  
Foi durante toda sua vida um Homem de Fé Verdadeira e ao saber do diagnóstico de câncer resolveu se tratar com terapias naturais, pois afirmava, que doenças não dava em postes de iluminação elétrica, mas nas pessoas para aprendermos um pouco mais com a vida. Jamais em tempo algum no decorrer da vida reclamou das dificuldades da vida, muito menos de doenças e afirmava sempre: 
-Gente, Calma! Calma não há necessidade de desesperos. Pensem em Deus.  
" Nicolau, que a Espiritualidade Superior o abençoe neste dia que seria a data de comemoração de seu aniversário em nosso Planeta Terra. Receba meu muito obrigada por todos os momentos que me apoiaste e me destes a mão"
Obrigada e Obrigada, o Natal deste ano não será menos Feliz, por não estarem aqui conosco, mas  por teres transformado nosso Dia de Natal em distribuição de presentes e ceia entre familiares e criançada da vizinhança Obrigada.. 
Sabemos que a morte não exite, mas apenas  o Tempo, e mudamos de Faixa de Existência, tenho certeza absoluta que onde estás se encontra muito bem. A Tua Benção, Nicolau. Da tua filha Maria Lopes. 



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por sua presença neste Blog.
Maria Lopes.