quarta-feira, 7 de outubro de 2015

NOSSA SENHORA DOS ABORTADOS

NOSSA SENHORA DOS NÃO-NASCIDOS 

OU NOSSA SENHORA DOS ABORTADOS

Ao lermos a Bíblia, deparamos no Livro do Levítico 20, 1-5, com o Senhor que adverte à Moisés sobre o ritual cananeu de sacrifício de crianças ao deus Maloc. Ele lhe ensina que oferecer o sangue dos filhos é um crime sério e passível de extrema punição. Também encontramos a história do rei Herodes narrada no Evangelho de São Mateus.

Há muito mais de cinco séculos, nas Américas os indígenas ofereciam sacrifico humano aos deuses, especialmente as crianças indefesas. Em 1487, uma em cada cinco crianças mexicanas foi assassinada e oferecida ao deus serpente de pedra, o demônio Asteca. Numa longa cerimônia resultou no sacrifício de mais de oitenta mil vidas.

A cabeça desta serpente foi esmagada definitivamente por Nossa Senhora de Guadalupe, em 1531. Ela apareceu ao velho índio Juan Diego, como 'Aquela que esmaga a serpente'. Mas a antiga serpente nunca se satisfaz. Na sua mais recente artimanha contra a vida humana, consegue o extermínio de milhões e milhões de crianças no mundo inteiro, pela prática do aborto voluntário, aprovado por lei em muitos países, sendo inclusive financiados por alguns deles.
Guadalupe é a Protetora dos não-nascidos. É celebrada também neste dia 28 de dezembro, quando a Igreja festeja o dia dos Santos Inocentes, martirizados por Herodes. A imagem de Nossa Senhora dos não-nascidos é obra da artista americana Miss Tidwell, uma católica leiga engajada no movimento contra o abordo, em Wichita, Kansas.

No quadro, Mãe Maria está com o rosto coberto de lágrimas e olha para uma criança não-nascida que está na palma de sua mão. O esplendor do coração de Maria evidencia o seu intenso amor pelos milhões de crianças rejeitadas e abortadas pelas mães, no mundo todo.

Nossa Senhora dos Não-Nascidos ou Nossa Senhora dos Abortados
Rogai por nós que recorremos a Vós!
http://www.prestservi.com.br/diaconoalfredo/titulos_maria/a/abortados.htm

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por sua presença neste Blog.
Maria Lopes.