quarta-feira, 8 de junho de 2016

Batuques e Tambores: O canto da senzala

 Batuques e Tambores: O canto da senzala




Espetáculo Batuques e Tambores: O canto da senzala, 2013
Ordem da Apresentação: 18
Um Quê de Negritude

O mar quando quebra na praia é bonito, mas muito mais bonito é perceber que os rios sempre desaguam no mar. As águas vão rolar ao nossos olhos nos colocando frente á frente com nossas emoções.
O encontro da filha com a mãe dar-se o sentido do planeta terra... tudo é água tudo é mar e nós nunca estamos sozinhos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por sua presença neste Blog.
Maria Lopes.